Ave Maria

Prot. 219/2011

Roma, 5 de junho de 2011
Solenidade da Ascensão do Senhor



A todos os frades da Ordem


Queridos irmãos,

escrevo-lhes na esperança que o Senhor Ressuscitado nos concedeu, confiando-nos a Sua doce presença, por meio da força do Espírito na fragilidade da nossa carne: “Eis que estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos” (Mt 28, 20).

A nossa Ordem participa desta Companhia de Cristo junto ao homem e ao mundo, através da peculiaridade do próprio carisma de fraternidade, de serviço mariano e de misericórdia, estando como Maria “aos pés das infinitas cruzes da humanidade, para levar conforto e cooperação redentora” (Const. 319).

Um momento significativo da vida da Ordem é a celebração, a cada seis anos, do Capítulo geral que, como recordam as nossas Constituições, é convocado pelo Prior geral para a eleição do seu sucessor, “do Procurador da Ordem, dos Conselheiros gerais e do Secretário da Ordem; para a tutela do seu patrimônio espiritual e para uma renovação que esteja de acordo com ele; e ainda para o incremento da unidade da Ordem, a atualização legislativa, a programação e a administração” (Const. 254).

Os Decretos do Capítulo geral de 2007 estabeleceram que “cerca de dois anos antes, o Conselho geral, por si ou através de uma comissão ad hoc, consulte toda a Ordem” (Capítulo geral de 2007, n. 75) em vista do Capítulo geral de 2013. Esta carta enviada a todos os frades da nossa Ordem constitui, portanto, o encaminhamento da referida consulta.

Na reunião de 1° de abril de 2011 o Conselho geral estabeleceu de não servir-se de uma Comissão para tanto, mas de conduzir por ele mesmo tal processo contando com colaboradores ad hoc e particularmente de três consultas, com as quais acredita atingir um número significativo dos frades da Ordem.

Na segunda semana de maio (Roma, 11 a 19 de maio de 2011) houve um encontro de frades provenientes de quase todas as jurisdições da Ordem, reunindo religiosos comprometidos nos vários campos nos quais a Ordem serve a Igreja e aos homens de hoje: santuários, paróquias, educadores, formadores, estudiosos de disciplinas teológicas.

Ademais, no mês de setembro de 2012 realizar-se-á a terceira reunião dos Priores, Vigários e delegados provinciais da Ordem, prevista pelo Capítulo geral de 2007 (cf. Capítulo geral 2007, n. 58b).

Estas duas reuniões constituem uma significativa ocasião de partilha e aprofundamento da preparação para o Capítulo geral de 2013.

Além disso, a Comissão para o Diretório geral, que já se reuniu nos anos anteriores propiciando a composição de dois textos (as Constituições e o Diretório geral), se reunirá novamente a partir do mês de novembro de 2011, para concluir o que foi estabelecido pelo Capítulo geral de 2007 no n. 66d.

A presente Carta constitui, portanto, uma primeira ocasião de consulta a cada frade da Ordem, a fim de que o Capítulo geral de 2013 seja fruto da contribuição todos e de cada um dos membros da Ordem.

O Conselho geral, nessa primeira fase de reflexão, solicita a contribuição de cada religioso em responder as seguintes perguntas:

1. Quais são, em sua opinião, os dois temas mais importantes que deverão ser tratados no próximo Capítulo geral?

2. Você considera que o tema da pobreza evangélica, indicado pelo Capítulo geral de 2007, foi suficientemente aprofundado, interiorizado e concretizado?

3. Quais aspectos da nossa vida (a nível provincial e geral) segundo você impedem a vivência em plenitude do nosso modo de ser Servo de Maria, tornando-o às vezes pesado ou sem esperança?

4. Como podemos contribuir, partindo do nosso carisma, ao apelo da Igreja para uma “Nova evangelização através da transmissão da fé”, tendo presente que este será o tema do próximo Sínodo dos bispos em outubro de 2012?

5. Há anos se reflete na Ordem a respeito de um Projeto global de presenças. Além disso, houve intervenções a nível legislativo para permitir decisões que, de outro modo, seriam impedidas (como por exemplo, a autoridade transferida dos Capítulos aos Conselhos para abertura e fechamento de presenças). Quais meios você identifica para incrementar ainda mais a colaboração – em todos os níveis – entre as jurisdições da nossa Ordem?

6. De que modo podemos sustentar as realidades ligadas às Comunidades generalícias (Cúria, Faculdade “Marianum”, Monte Senário, “Comunidade Santo Aleixo”) que são um patrimônio da Ordem freqüentemente apreciado pela Igreja?

As respostas podem ser enviadas pelo correio (Secretário da Ordem, Cúria geral OSM, Piazza San Marcello 5 – 00187 Roma, Itália), por meio eletrônico ao endereço do Secretário da Ordem (segretario.camille@gmail.com), ou ainda por fax ([+39] 06.6792131). As respostas podem ser assinadas ou anônimas.

Solicito também uma reflexão em Capítulo conventual e dos Conselhos das várias jurisdições da Ordem.

Todas as contribuições deverão ser enviadas até 30 de setembro de 2011, para permitir as fases sucessivas da reflexão e da preparação do Capítulo geral.

No site da Ordem (www.servidimaria.org) será possível acompanhar o desenvolvimento da preparação do Capítulo geral de 2013.

O Senhor, por intercessão de santa Maria, Rainha dos Apóstolos e Mãe dos seus Servos, nos acompanhe nesse processo de preparação do Capítulo geral de 2013, para o bem da Igreja e dos irmãos a quem servimos.

frei Ángel M. Ruiz Garnica, o.s.m.
Prior geral

frei Camille M. Jacques, o.s.m.
Secretário da Ordem